Ai Wewei ganha exposição solo em Viena e fala sobre imigrantes sírios na Europa

Conhecido por suas obras que retratam a situação política e social do mundo, o artista chinês Ai Wewei ganhou sua primeira exposição solo em Viena. Até 20 de novembro, diferentes espaços do Belvedere – um dos mais belos palácios barrocos da capital austríaca – abrigará a mostra translocation – transformation, que enfoca como pessoas e objetos são transformados devido à expulsão, migração e mudança de localização.

Ai Weiwei, F Lotus, 2016. © Ai Weiwei Studio, Photo: © Belvedere, Vienna

A obra principal da exposição traz um tema super atual – a questão dos imigrantes sírios na Europa. Intitulada F Lotus, a instalação é composta por mais de mil coletes salva-vidas usados por refugiados, dispostos em 201 círculos que flutuam sobre as águas do lago como flores de lótus – uma mensagem de como a vida dessas pessoas é incerta.

Circundam o lago uma das principais obras do artista que já foi exibida em outros países – Circle of Animals/Zodiac Heads, um conjunto de doze cabeças de bronze do zodíaco chinês.

Ai Weiwei, Circle of Animals_Zodiac Heads, 2010

Ai Weiwei, Circle of Animals/Zodiac Heads, 2010. Private Collection, Photo: © Belvedere, Vienna

Dentro da 21er Haus, uma das galerias do Belvedere, o destaque é a Wang Family Ancestral Hall, representação de um templo ancestral, com 14 metros de altura e 1.300 peças do final da dinastia Ming (1368-1644).

Ai Weiwei, Wang Family Ancestral Hall, 2015

Ai Weiwei, Wang Family Ancestral Hall, 2015. © Ai Weiwei Studio, Photo: © Belvedere, Vienna

Outras duas instalações remetem à cultura do chá chinesa – casinhas feitas de chá Pu-erh prensado e um tapete com bicos de bules de porcelana quebrados.

Ai Weiwei, Teahouse, 2009

Ai Weiwei, Teahouse, 2009. © Ai Weiwei Studio, Photo: © Belvedere, Vienna

Muitas das obras de Wewei fazem referência à história da dinastia chinesa e a objetos que fazem parte do cotidiano ou do passado da China. Dessa forma, ele consegue transmitir ao mundo ocidental muito do que se passa no país e abre diálogos quase sempre fortes e polêmicos.

Para quem estiver de passagem por Viena, translocation – transformation é imperdível.

Para mais informações sobre viagens e destinos, acesse www.teresaperez.com.br.

Leave a comment

Subscribe Scroll to Top
Visit Us On FacebookVisit Us On TwitterVisit Us On YoutubeVisit Us On PinterestCheck Our Feed