Castelos europeus: uma viagem no tempo

Construídos há séculos, os castelos europeus já foram lar de reis e rainhas, cenários de batalhas e de inesquecíveis histórias de amor. Erguidos em locais estratégicos, em sua maioria na Idade Média, essas fortificações são dos mais famosos atrativos da Europa e hoje ganharam outras funções como sede de hotéis, museus ou cenários de casamentos cheios de romantismo. Conhecê-los de perto, entrar nos seus labirintos e cômodos repletos de história, é fazer uma viagem no tempo. Uma viagem absolutamente fascinante.

Alcázar
(Segóvia, Espanha)

Castelo de Kronborg

Castelo de Kronborg

O Alcázar – castelo fortificado de ponte levadiça que abrigou os reis de Castela na Idade Média – oferece um mergulho no passado. A excepcional beleza do palácio, reconhecido como um dos mais imponentes da região, já serviu de inspiração a uma infinidade de artistas e poetas. De suas torres pode-se admirar belíssimas vistas para a cidade.

Castelo dos Mouros
(Sintra, Portugal)

Foto: Shutterstock

Castelo dos Mouros. Foto: Shutterstock

Construído pelos árabes no século 13, o Castelo dos Mouros foi parcialmente destruído ao longo dos anos. Hoje, a partir das muralhas e das guaritas que ainda restam pode-se ter uma vista impressionante de Sintra, do Palácio da Pena e de Lisboa.

Castelo de Edimburgo
(Edimburgo, Escócia)

Foto: Shutterstock

Castelo de Edimburgo. Foto: Shutterstock

Erguido no século 12, o Castelo de Edimburgo é símbolo nacional escocês. Boa parte das batalhas que separaram – depois anexaram – a Escócia da Grã-Bretanha aconteceu dentro ou nos arredores dessa fortificação.

Windsor Castle
(Windsor Castle, Inglaterra)

Castelo de Windsor. Foto: Shutterstock

Castelo de Windsor. Foto: Shutterstock

O maior castelo habitado do mundo tem sido residência real há quase mil anos e é hoje a casa de finais de semana da família real. Destaque para a coleção de bonecas da rainha e também os impressionantes jogos de louça, além da magnífica St. George’s Chapel (Capela de St. George) e uma vasta coleção de preciosidades oriundas de diversos países do mundo, presenteadas à Rainha.

Mont Saint- Michel
(Mancha, França)

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Originalmente um mosteiro medieval, o Mont Saint-Michel é considerado uma maravilha da França por ter sido construído sobre um pico rochoso, na foz do Rio Couesnon, uma façanha da engenharia.

Castelo de Chambord
(Vale do Loire, França)

Castelo de Chambord. Foto: Shutterstock

Castelo de Chambord. Foto: Shutterstock

O magnífico Château de Chambord foi construído a partir de uma cabana de caça, com uma boa dose de imaginação do Rei Francisco I. Em 1519, a construção original foi destruída, para dar lugar a esta extravagante obra da arquitetura, cujo projeto foi iniciado por Leonardo da Vinci, e que pode ser admirado até os dias de hoje. O castelo, o maior do Vale do Loire, levou quase 150 anos para ser concluído, e possui 440 aposentos. Definitivamente, esta é uma verdadeira obra de arte arquitetônica.

Fortezza di Montalcino
(Montalcino, Itália)

Foto: Shutterstock

Fortezza di Montalcino. Foto: Shutterstock

A Fortezza di Montalcino foi construída em 1381 por Domenico di Feo e Mino Foresi e incorpora parte das muralhas e torres existentes desde o século anterior. Restaurada na década de 40, no seu interior acontecem eventos culturais e shows durante o ano.

Castelo de Praga
(Praga, República Tcheca)

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Sede do governo e residência do presidente desde 1918, o castelo começou a ser construído no século 9, e preserva dentro de seus muros diversas igrejas, salões e torres, compondo um legado que conta quase toda a história da cidade, sobrevivendo a incêndios e invasões.

Castelo de Kronborg
(Helsingør, Dinamarca)

Foto: Shutterstock

Castelo de Kronborg. Foto: Shutterstock

Cenário da célebre história de Hamlet, o Castelo de Kronborg é um spot muito visitado pelos turistas. Patrimônio Mundial da Unesco desde 2000, o castelo – que foi erguido como um forte em 1420 – se tornou o que é hoje em 1585, quando o rei Frederico II o reconstruiu.

Castelo de Neuschwanstein
(Baviera, Alemanha)

Foto: Shutterstock

Castelo Neuschwanstein. Foto: Shutterstock

Se você chegar ao Castelo Neuschwanstein e achar que ele parece familiar, não se assuste. Dizem que os castelos da Disney foram moldados a partir dele. Próximo a Munique, o Neuschwanstein é um dos mais jovens castelos europeus, construído no século 19.

Castelo Oberhofen
(Berna, Suíça)

Foto: Shutterstock

Castelo Oberhofen. Foto: Shutterstock

Pitoresco e emblemático, o castelo de Oberhofen, situado às margens do Lago Thun, exibe importante exposição dos hábitos, costumes e estilo de vida dos habitantes de Berna entre os séculos 16 e 19.

Castelo de Trakoscan
(Zagreb, Croácia)

Foto: Shutterstock

Castelo de Trakoscan. Foto: Shutterstock

Construído à beira de um belo lago no século 13, o castelo de Trakoscan exibe um dos melhores exemplares de fortificações feudais da Europa. Seu interior conserva o mobiliário original da época.

Para mais informações sobre viagens, acesse teresaperez.com.br.

Leave a comment

Subscribe Scroll to Top
Visit Us On FacebookVisit Us On TwitterVisit Us On YoutubeVisit Us On PinterestCheck Our Feed