[Tour Japão] Kanazawa – by Paôla Mansur

Depois de Tóquio, nossa traveller partner, Paôla Mansur, continua a contar sobre sua viagem pelo Japão. Nesta semana, a parada é em Kanazawa!

Jardim Kenroku-em

Estabelecido desde 1871, o Kenroku-em é um dos três grandes jardins do Japão – e certamente também é um dos mais belos! A melhor hora para visita-lo é no início ou no fim de dia.

Kenroku-em

Kenroku-em

Higashi Chaya District
Conhecido também como o distrito das gueixas, essa área é muito autêntica e é o lugar para quem deseja conhecer a vida dessas mulheres que vivem para arte e o entretenimento. Por lá você encontra várias casas de gueixas que podem ser visitada por taxas pré-determinadas.

Higashi Chaya: Bairro das Gueixas.

Higashi Chaya: Bairro das Gueixas

Kaikaro
Uma das experiências mais incríveis que tive em Kanazawa foi o jantar com as gueixas! Uma vez no bairro delas, essa oportunidade é imperdível. Jantei com as gueixas na tradicional Casa de Chá Kaikaro, que tem com mais de 180 anos de atividades.

Jantar com as gueixas é uma experiência imperdível

Jantar com as gueixas é uma experiência imperdível

Nomura Samurai House
O Nagamachi foi um distrito samurai localizado aos pés do castelo de Kanazawa, onde os samurais e suas famílias residiam. A área ainda preserva a atmosfera histórica do local, bem como sua arquitetura, com samurais e descendentes que ainda vivem ali. Neste bairro, a Nomura, guarda os restos mortais da família que a habitou, e ainda dá uma ideia de como era a vida de um samurai durante o Período Edo, no século 18.

Nomura Samurai House

Nomura Samurai House

D.T. Suzuki Museum
Daisetsu Teitaro Suzuki (1870-1966) foi um dos maiores filósofos budistas do século 20. No museu construído em sua homenagem Kanazawa, sua cidade natal, é possível conhecer mais sobre sua vida por meio dos escritos expostos. A bela arquitetura também reflete sua filosofia, com espaços simples e calmos.

D.T Suzuki Museum

D.T Suzuki Museum

Museu de Arte Contemporânea do Século 21
Com um projeto incrível, o Museu de Arte Contemporânea do Século 21 é imperdível. O projeto foi pensado para integrar a comunidade, por isso conta com vários espaços públicos, como biblioteca, salas de altas e oficinas para crianças. A área central recebe exposições temporárias, até duas ou três mostras ocorrem simultaneamente.

Museu de Arte Contemporânea do Século 21

Museu de Arte Contemporânea do Século 21

Museu de Arte Contemporânea do Século 21

Museu de Arte Contemporânea do Século 21

Para saber mais sobre viagens, acesse www.teresaperez.com.br

Leave a comment

Subscribe Scroll to Top
Visit Us On FacebookVisit Us On TwitterVisit Us On YoutubeVisit Us On PinterestCheck Our Feed