A revolução artística russa de Malevich na Tate Modern, Londres

Durante um dos períodos mais turbulentos da história do século 20, um artista tornou-se uma figura radical contra o governo Stalinista e pioneiro na arte moderna. Seu nome se tornaria referência e suas obras, icônicas. Para rever tudo isso, acontece na Tate Modern, em Londres, a exposição “Malevich: Revolutionary of Russian Art”, até o final de outubro de 2014, uma retrospectiva histórica da carreira de Kazimir Malevich.

Nascido em Kiev, Ucrânia, Malevich viveu entre 1879 e 1935, e foi uma figura radical e muito influente na arte moderna, tendo sido pioneiro no Suprematismo – redução radical da pintura à forma e cor. Um de seus trabalhos mais famosos da época se trata do “Quadrado Negro”, que até hoje ainda divide opiniões. A retrospectiva conta sua história e exibe cerca de 150 trabalhos feitos no papel e raramente vistos anteriormente, além de reunir pinturas, esculturas e objetos.

A crítica local tem chamado a exposição de “histórica”, pois conta uma história fascinante sobre o sonho de Malevich de ver uma nova ordem social, os sucessos e as armadilhas de ideais revolucionários, além do poder da própria arte.

Kazimir Malevich, Woman with Rake 1930-32, State Tretyakov Gallery, Moscow, Russia

Kazimir Malevich, Woman with Rake 1930-32, State Tretyakov Gallery, Moscow, Russia

Informações: Tate Modern. Bankside. Londres. Tel: 44 20 78878888. www.tate.org.uk. Abre diariamente 10h-18h (fecha 22h sex/sáb). Data: 16/jul/2014 a 26/out/2014.

Para mais informações envie um e-mail para info@teresaperez.com.br ou ligue (11) 3799-4000.

Leave a comment

Subscribe Scroll to Top
Visit Us On FacebookVisit Us On TwitterVisit Us On YoutubeVisit Us On PinterestCheck Our Feed