“Evidências”: política e ironia em Berlim

Circle of Animals, 2011, Ai Weiwei. (Foto: Mathias Völzke)

Circle of Animals, 2011, Ai Weiwei. (Foto: Mathias Völzke)

Apesar da repressão que Ai Weiwei sofre em seu país natal, a China, proibido de expor em qualquer museu, o artista decidiu organizar uma exposição solo em Berlim, na Alemanha. Nomeada Evidências, a instalação tem 3 mil m² e está dividida em 18 salas. As obras podem ser vistas até 7 de julho de 2014.

O nome da exposição faz alusão justamente ao modo como alguém é incriminado: graças à evidências. No entanto, as obras de toda a carreira do artista têm a ironia como uma de suas características mais fortes. Em 2011, Weiwei foi preso quando tentava embarcar em um voo para Hong Kong. Ele passou 81 dias em uma prisão secreta do governo chinês sob acusação de incitar atos subversivos contra o poder do estado. O artista luta, através da arte, contra a corrupção e as prisões que ocorrem com cidadãos que defendem a liberdade de expressão e a democracia pluripartidária.

Do episódio surgiram algumas obras, como 81 (2014), que representa exatamente o período de prisão, e Jade Handcuffs (2013). Essa última se trata da reprodução das algemas que o prendiam a cadeira durante seu tempo encarcerado, feitas com pedra jade.

Stools, 2013, Ai Weiwei

Stools, 2013, Ai Weiwei

Uma das maneiras que Weiwei mais gosta de trabalhar para “provocar” o público é utilizar materiais antigos em contextos diferentes do habitual. Na foto acima, vê-se o hall central da exposição. Seis mil bancos de madeira da dinastia Ming e Qing, em diferentes condições, preenchem um pátio fechado, como se criasse uma segunda camada de piso.

Muitas de suas obras fazem referência à história da dinastia chinesa e a objetos que fazem parte do cotidiano ou do passado da China. Dessa forma, ele consegue transmitir ao mundo ocidental muito do que se passa no país e abre diálogos quase sempre fortes e polêmicos.

Very Yao, 2009, Ai Weiwei, material: 150 bicicletas

Very Yao, 2009, Ai Weiwei, material: 150 bicicletas

Informações: Martin-Gropius-Bau. Niederkirchnerstrabe 7. Berlim. Tel: 49 30 254860. www.berlinerfestspiele.de. Abre qua/seg 10h-19h. Em cartaz até 7/jul/2014.

Para mais informações sobre viagens e destinos, acesse www.teresaperez.com.br.

Leave a comment

Subscribe Scroll to Top
Visit Us On FacebookVisit Us On TwitterVisit Us On YoutubeVisit Us On PinterestCheck Our Feed