Semana Honeymooners: Marrocos e Índia

Royal Mansour, Marrakech, Morocco

Em diversas culturas, o encontro entre duas pessoas e a história de amor nascida deste momento é por vezes tão marcante que extrapola o limite da intimidade, ganhando o mundo. São relatos que ecoam por gerações no imaginário de todos nós. Lindas e muitas vezes cheias de percalços, são especiais únicas em cada relato, mas todas têm em comum o principal: o poder transformador do amor.

Como maio é o mês das noivas, selecionamos algumas das mais emocionantes histórias do The Traveller Honeymooners — com desfechos felizes ou dramáticos, algumas famosas, outras ainda pouco conhecidas, elas são a inspiração da nossa equipe na hora de escolher o destino ideal para um romântico roteiro a dois.

Confira! 

Play it again, Sam [Marrocos]

casablanca1

Em um café na cidade marroquina de Casablanca, o ex-casal Ilsa e Rick se reencontram por obra do destino, em plena Segunda Guerra Mundial. Ele, um expatriado marcado pela vida. Ela, em fuga e casada com um líder da revolução tcheca. Nesse cenário improvável, os dois redescobrem que o que sentiam não acabou: “O mundo está desmoronando, e nós nos apaixonamos”, lamenta o casal.

Geração após geração, Casablanca (1942) é uma das histórias de amor mais adoradas do cinema. Emblemática em cada cena, do início ao fim – quando a despedida de Rick e Ilsa arranca suspiros e lágrimas do público, ao som da clássica As Time Goes By.

Uma ode à saudade [Índia]

Na mística cidade de Agra, o imperador Shah Jahan foi responsável por transformar seu amor em uma das mais belas histórias de amor já vistas. Dentre todas as esposas que possuía, a jovem chamada Aryumand era sua paixão real, a ponto de ser rebatizada de Mumtaz Mahal – “A Eleita do Palácio. Viveram felizes por quase duas décadas, até Mumtaz falecer ao dar à luz o 14° filho do casal, em 1631.

Inconsolável, o Imperador decidiu construir uma obra proporcional à dor que sentia: foram necessários 22 anos e mais de 20 mil pessoas para dar vida ao exuberante Taj Mahal – o palácio-mausoléu de mármore puro e pedras preciosas, onde repousa sua amada. Eleito uma das Novas Sete Maravilhas do Mundo, a construção transpira encantamento, e é uma lembrança eterna do tamanho de um amor, e de uma saudade.

Taj Mahal

 

Acesse www.teresaperez.com.br e conheça outras histórias do The Traveller Honeymooners!

Leave a comment

Subscribe Scroll to Top
Visit Us On FacebookVisit Us On TwitterVisit Us On YoutubeVisit Us On PinterestCheck Our Feed