Adriana Varejão no Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires

Obra: Mapa de Lopo Homem II 1992 – 2004. Série 'Terra incógnita'.

Obra: Mapa de Lopo Homem II 1992 – 2004. Série ‘Terra incógnita’.

Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires — MALBA — abriga, até 6 de junho, exposição de uma das principais artistas plásticas contemporâneas brasileiras, a carioca Adriana Varejão. Trata-se de uma grande retrospectiva de sua carreira, com curadoria de Adriano Pedrosa e organizada pelos Museus de Arte Moderna de São Paulo e Rio de Janeiro. As peças são provenientes de importantes coleções públicas e particulares do Brasil e do exterior, como as MAM-SP e da Fundación La Caixa, de Madri, além de galerias de Londres e Nova York.

Intitulada História às Margens, a exposição reúne 40 obras, desde 1991 até hoje, seguindo ordem cronológica da trajetória de Varejão. São apresentadas famosas séries, como Terra Incógnita, Ruínas de charqueMares e AzulejosSaunasPratos. Dentre elas, destaca-se a instalação Reflexo de Sonhos no Sonho de Outro Espelho (Estudo sobre o Tiradentes de Pedro Américo), presente na Bienal de São Paulo de 1998 – uma releitura da tela Tiradentes Esquartejado, de 1893.

O trabalho de Adriana Varejão é repleto de referências. Em sua produção, ela resgata e cruza diferentes histórias, criando diálogos entre as histórias do Brasil, de Portugal, da China, da arte, da colonização e do Barroco.

Para mais informações sobre viagens acesse www.teresaperez.com.br.

Leave a comment

Subscribe Scroll to Top
Visit Us On FacebookVisit Us On TwitterVisit Us On YoutubeVisit Us On PinterestCheck Our Feed